Uma Associação importantíssima! Consulte-a em "www.projectoluz.com"

terça-feira, 14 de julho de 2009

Lindo, até arrepia!!!!

2 comentários:

Ana C disse...

Obrigada, padrinho, pelas palavras simpáticas!
E obrigada, também, por esta peça lindíssima! Foi "tiro e queda"! As minhas moleculazinhas crepitaram! Pois, também pertenço ao grupo...

Beijos grandes

IsaLenca disse...

Para quem gosta de fotografia, aqui fica a informação:

Algarve: Portimão acolhe a partir de sexta-feira a maior exposição de fotojornalismo do mundo
Portimão, Faro, 23 Jul (Lusa) - Portimão recebe pelo sexto ano consecutivo a World Press Photo (WPP), a mais importante exposição de fotojornalismo do mundo, entre sexta-feira e 16 de Agosto, na área exterior do Museu Municipal, daquela cidade algarvia.
A WPP apresenta 199 imagens de 64 fotógrafos profissionais de várias nacionalidades, divididas por dez categorias, que ilustram acontecimentos marcantes de 2008, entre os quais, conflitos mundiais, eventos desportivos, notícias genéricas, pessoas e artes, em vários pontos do mundo.
Na edição de 2008 da World Press Photo, o norte-americano Anthony Suau, arrecadou o maior galardão com uma imagem a preto e branco, captada em Cleveland, no Estado norte-americano de Ohio.
A distinção valeu-lhe um prémio pecuniário de 10 mil euros.
A imagem retrata o momento em que um polícia armado, no que aparenta ser um cenário de guerra, entra numa casa para se assegurar que a habitação estava abandonada, depois dos inquilinos terem sido despejados em consequência da crise imobiliária.
A polícia teve que intervir muitas vezes para expulsar vagabundos e toxicodependentes que ocuparam posteriormente as casas.
Segundo o júri internacional, presidido pela editora de fotografia Mary Anne Golon, a força daquela fotografia estava no significado duplo da imagem: “a impressão de uma guerra clássica, mas que representa apenas uma casa abandonada após o despejo”.
O instantâneo vencedor integra um grupo de imagens publicadas na revista Time, sobre a crise económica mundial, que mereceu também o prémio na categoria “Daily Life”.
Em 2008, participaram na World Press Photo, 96268 fotógrafos de 124 países, com mais de 100000 imagens, tendo sido atribuídos prémios a 64 fotógrafos, de 27 países, em dez categorias.
Foram premiados fotógrafos da Argentina, Austrália, Bélgica, Brasil, Canadá, Chile, China, Colômbia, França, Alemanha, Grécia, Índia, Irlanda, Itália, Japão, México, Holanda, Polónia, Rússia, El Salvador, África do Sul, Coreia do Sul, Espanha, Suécia, Suíça, Ucrânia e Estados Unidos da América.
Fundada em 1955 na Holanda, a World Press Photo é uma organização não governamental sem fins lucrativos, que promove o fotojornalismo e a liberdade de informação e de expressão, realizando vários eventos nesta área, onde se destaca o maior concurso mundial de fotografia.
Além da exposição itinerante com os trabalhos premiados, que percorre mais de 40 países, a fundação editado um livro com as imagens, em seis idiomas.
Os trabalhos premiados pelo World Press Photo estarão patentes na zona exterior do Museu Municipal de Portimão, entre sexta-feira e o dia 16 de Agosto, das 18:00 às 24:00, com entrada gratuita.

Bjs